quarta-feira, 23 de julho de 2014

Minha Amada Leidiane*


O sol começa surgir no céu,
Penso em minha querida.
E em quando lhe verei de véu,
Para comigo estar por toda vida.
                                                                      
Ah, como fico feliz,
Quando estou ao seu lado,
O coração me diz:
O quanto estou apaixonado.

Faço tudo pra lhe ver,
Flores gosto de levar,
Ao seu lado vou viver,
Quero sempre te amar.

Meu coração fica ansioso,
Enquanto espero por você.
Fica batendo preguiçoso,
Mas dispara ao te ver.

Oh! Minha gatinha,
Sem você sinto o vazio, então;
Daquela costelinha,
Retirada em Adão.

*Ivanildo Soares
Poesia escrita em 2007.